×
Grupo no Whatsapp Amizade pra toda vida quem gosta ?✌

Nome do grupo para WhatsApp:

Amizade pra toda vida quem gosta ?✌

Categoria do link de grupo para WhatsApp:

Amizades e Bate-papo

Infomações do grupo para WhatsApp:

Link de Grupo no WhatsApp postado em 22/01/2019;
1002 visualizações;
Pontuação de 117pontos.

Descrição do grupo para WhatsApp:

Bem vindos ao grupo?? ADM'$ Isaías Kauã Corintiano MATHEUSINHO Aunicleia ?Se mandar pornografia ou algo do tipo sera removido ok ?Chamar no pv de qualquer pessoa sem autorização remoção na hora Próibido Links notas FAKES e links de sites com vírus?? ✅Pessoas com menos de 10 conversas sera removidas Não vale apena entrar e só ocupar espaço??‍♂ e não adimitimos isso aqui Sejam bem vindos Amizade aqui é tudo ❤?

Grupos para WhatsApp App Baixar

Grupos no WhatsApp relacionados:

Grupo da zueira

Grupo da zueira

Um grupos pra quem esta triste que perdeu a namorada ou algum parente da familia

꧁?яαѕєѕ ?υѕιϲαѕ є ?ιиκѕ꧂

꧁?яαѕєѕ ?υѕιϲαѕ є ?ιиκѕ꧂

*?✅ яєﻭяιηнα ✅?* *✅ீ͜ৡৢ͜͡➳ ƒι¢α ∂є єηƒєιтє є ηãσ ιηтєяαﻭιя ησ ﻭяυρσ {вαη} ( ℓємвяαη∂σ ۹υє σ ﻭяυρσ é тαмвéм ραяα ¢σηνєяѕαя є ƒαչєя ησνσѕ αмιﻭυιηнσѕ )✳❇* *❎ீ͜ৡৢ͜͡➳ ρσѕтє 0 {вαη}* *❎ீ͜ৡৢ͜͡➳ ιηνα∂ιя ρν {вαη}* *❎ீ͜ৡৢ͜͡➳ ηúмєяσѕ ƒєкє {вαη}* *❎ீ͜ৡৢ͜͡➳ ¢σηтєú∂σ ρσяησﻭяáƒι¢σ {вαη}* *❎ீ͜ৡৢ͜͡➳ ¢σяяєηтєѕ, тяαναѕ & ησтα ƒєкєѕ {вαη}* *❎ீ͜ৡৢ͜͡➳ ℓιηкs ∂ε zσσғιℓια, ιмαgεηs ví∂εσs ρσяησ {вαη}* ✅ *σвs: тσ∂α мα∂яυgα∂α σ gяυρσ é ғεcнα∂σ ρσя sεgυяαηçα мαιs ℓσgσ ρεℓα мαηнã σ gяυρσ vσℓтα cσм sυαs αтιvι∂α∂εs ησямαιs...❇*

❤Novas Amizades 2019❤

❤Novas Amizades 2019❤

Bem vindos ao Grupo Novas amizades 2019♡* ~Proibido~ * Links de outros Grupos * * Pornografia * * Preconceito / Discriminação * * Brigas / Discussões * ~☆Permitido~☆ * Bate Papo * * Interação * * Se conhecer * * Se apresentar * * Namoro * ADM Dannyn * Precisando só chamar *

Amizade madura?

Amizade madura?

Favor se apresentar com nome foto cidade e idade Não invadir PV sem autorização Proibido pedofilia e racismo Proibido links de outros grupos, vendas e correntes Sejam educados e não incentivam brigas no grupo

kORINGA? ALERQUINA?SP?♥♣?

kORINGA? ALERQUINA?SP?♥♣?

O GRUPO FOI FEITO PRA VC QUE GOSTA DE INTERAGIR CONHECER PESSOAS NOVAS OU ATE MESMO O GRANDE AMOR DA SUA VIDA. O GRUPO É VOLTADO PRA VC DE SP. DDD (11). ISSO PQ O INTUITO DO GRUPO É APROXIMAR TDS COM COM SOCIAIS,BALADINHAS ETC. VEM PRA CÁ E BORA SER FELIZ.

Últimas nóticias

Fonte: Logo do G1
Jovem que estava desaparecido é encontrado morto na Cidade Universitária, em Maceió
Daniel da Silva, 21, foi morto com tiros na cabeça, tórax e braços. Um jovem que estava desaparecido foi encontrado morto neste domingo (14) na Cidade Universitária, em Maceió. Daniel da Silva, 21, estava desaparecido há dois dias. Segundo militares do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGD), a vítima foi atingida por tiros na cabeça, tórax e braços. Segundo familiares, Daniel estava desaparecido há dois dias. Estiveram no local os institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML) que fizeram a perícia e recolheram o corpo da vítima. A Delegacia de Homicídios vai investigar o caso. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Suspeitos de roubo são agredidos pela população no Tabuleiro, em Maceió
Jovem de 18 anos e adolescente de 17 anos foram detidos autuados. Um jovem de 18 anos foi preso e um adolescente de 17 anos foi apreendido no domingo (14). Eles foram agredidos pela população após roubar uma motocicleta no Tabuleiro dos Martins, em Maceió. Militares da Radiopatrulha informaram que faziam rondas na região quando encontraram os suspeitos sendo agredidos. A vítima do roubo foi localizada e reconheceu os suspeitos. Eles foram encaminhados para a Central de Flagrantes I, no bairro do Farol, onde o jovem de 18 anos foi autuado por roubo e corrupção de menores. O adolescente foi autuado por ato infracional pelo crime de roubo. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Curto-circuito em batedeira, incêndio e provável explosão causaram queimaduras em mulher e criança em apartamento na Jatiúca
Elas foram transferidas do HGE para a Santa Casa de Maceió. O Corpo de Bombeiros de Alagoas divulgou neste domingo (14) que as queimaduras que uma mulher e uma menina de sete anos sofreram dentro de um apartamento foram causadas quando um curto-circuito em uma batedeira que estava sendo usada, gerou um incêndio e possivelmente a explosão de um recipiente com álcool que estava sendo utilizado para um preparo. O caso ocorreu no edifício Vogue, no bairro da Jatiúca, em Maceió. A assessoria de comunicação do Hospital Geral do Estado (HGE) informou neste domingo que as duas vítimas, que foram levadas pelos bombeiros para o hospital geral, foram transferidas para a Santa Casa de Maceió. Segundo as informações do comandante da equipe que socorreu a mulher e a criança, durante o preparo de uma substância ainda desconhecida, ocorreu um curto-circuito na batedeira, que gerou um pequeno incêndio e a provável explosão do recipiente com álcool que estava sendo usado na mistura, causando as queimaduras nas vítimas. Os bombeiros encontraram a criança na cama, muito agitada e com queimaduras de segundo grau pelo corpo. Um médico medicou as duas vítimas no local e depois elas foram levadas para o HGE. A mulher identificada como Maria José dos Santos teve queimaduras nos braços, pernas e na face. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Suspeito de cometer assalto em bar em Arapiraca é agredido e morto com golpes de arma branca ao deixar o local do roubo
A polícia disse que encontrou uma arma perto do corpo da vítima. Um homem de 24 anos foi agredido e morto com vários golpes de arma branca ao sair de um bar em Arapiraca, nesse sábado (13). Testemunhas contaram para a polícia que o homem tinha cometido um assalto no bar Espetinho do Zé Pai, na zona rural de Arapiraca, e foi agredido por pessoas não identificadas ao deixar o local do roubo. A polícia recolheu uma arma que estava próxima a vítima. De acordo com informações do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), a polícia e o Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) foram acionados para socorrer uma vítima de agressão e ao chegar no local, o homem já estava morto. Testemunhas disseram para a polícia que o homem foi agredido e foi atingido por vários golpes de arma branca ao sair do local em que teria cometido um assalto. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Você viu? Idosas cavam em volta de casa por 8 anos, diretoras do Pata Voluntária presas e outras notícias do G1 AL
Confira algumas das reportagens mais acessadas pelos leitores do G1 Alagoas nesta semana de 8 a 12 de julho. Confira algumas das reportagens mais acessadas pelos leitores do G1 Alagoas nesta semana de 8 a 12 de julho: Segunda-feira (8) Após habeas corpus, presidente da Pata Voluntária deixa a prisão Proprietárias da ONG Pata Voluntária são presas suspeitas de fraude para arrecadar dinheiro Proprietária do Pata Voluntária confessa crime e diz que fraude foi criada para construir hospital veterinário, diz polícia Proprietárias do abrigo Pata Voluntária são transferidas para o Sistema Prisional Vazamento de gás natural interdita BR-101, em São Miguel dos Campos Briga generalizada deixa uma pessoa morta e outra ferida na Cidade Universitária, em Maceió Terça-feira (9) Duas irmãs fizeram escavação ao redor da casa com colher de pedreiro Irmãs escavam com colher de pedreiro ao redor de casa em que moravam em Maceió durante anos Operação cumpre 18 mandados de prisão contra acusados de venda clandestina de iPhone em Alagoas e mais dois estados Prejuízo aos cofres públicos com venda clandestina de iPhones é de R$ 10 milhões, diz MP-AL OAB-AL constata que animais do Pata Voluntária existem e estão sendo cuidados por voluntários Proprietárias da ONG Pata Voluntária são presas suspeitas de fraude para arrecadar dinheiro Quarta-feira (10) 14 pessoas são presas em operação contra acusados de venda clandestina de Iphone Irmãs escavam com colher de pedreiro ao redor de casa em que moravam em Maceió durante anos Idosas que escavaram ao redor de casa com colher de pedreiro recebem ajuda psiquiátrica em Maceió Operação cumpre 18 mandados de prisão contra acusados de venda clandestina de iPhone em Alagoas e mais dois estados Criança de 4 anos é achada sozinha em casa e mãe é presa em Rio Largo, AL Irmãos acusados de vender iPhones clandestinamente se entregam em Maceió Quinta-feira (11) Operação policial cumpre mandados contra suspeitos de sonegação fiscal em AL Irmãs escavam com colher de pedreiro ao redor de casa em que moravam em Maceió durante anos Idosas que escavaram ao redor de casa com colher de pedreiro recebem ajuda psiquiátrica em Maceió Militar que matou a esposa é indiciado por tentar matar a filha em Maceió Concurso oferece 392 vagas para Prefeitura de Teotônio Vilela, AL Irmãos acusados de vender iPhones clandestinamente se entregam em Maceió Sexta-feira (12) Motorista morre em acidente com carreta na BR-101 Idosas que escavaram ao redor de casa com colher de pedreiro recebem ajuda psiquiátrica em Maceió Irmãs escavam com colher de pedreiro ao redor de casa em que moravam em Maceió durante anos Faxineiro encontra R$ 1,2 mil em banheiro do TJ-AL e devolve ao dono Motorista morre após caminhão tombar e cair de ponte na BR-101, no interior de AL Justiça Federal proíbe a Caixa de executar cobranças de 122 mutuários do Pinheiro, em Maceió
Jovem é preso por tráfico de cocaína e crack em Arapiraca
Flagrante aconteceu no conjunto Frei Damião após denúncia anônima. Uma denúncia anônima feita na noite da sexta-feira (12) resultou na prisão de um jovem de 21 anos por tráfico de drogas em Arapiraca. Na ocasião, equipes da Polícia Militar apreenderam com o suspeito no conjunto Frei Damião, que fica no bairro Canafístula, 14 papelotes de cocaína e 115 pedras de crack. O jovem e as drogas foram encaminhados para Central de Flagrantes, e, depois, para a Delegacia de Repressão ao Narcotráfico da Capital. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
TV Gazeta tem acesso a mensagens que mostram diretoras do Pata Voluntária planejando fraude
Três diretoras do abrigo foram presas na sexta (5). Todas foram soltas depois de habeas corpus. TV Gazeta tem acesso a mensagens que mostram planejamento da fraude do Pata Voluntária A TV Gazeta teve acesso a uma conversa entre diretoras do grupo Pata Voluntária em rede social. Três diretoras foram presas por suspeita de estelionato. O conteúdo revela que elas pretendiam arrecadar muito dinheiro. Transcrições >> Leia abaixo a transcrição da conversa entre as integrantes do Pata Voluntária: Diretora 1: Às vezes na vida a gente tem que fazer o que aparentemente não é certo. Não ignorem o que falei, porque é um hospital que tá em jogo e é importante. Só peço que coloquem a mão na consciência. Caso alguém aqui tenha ideias que REALMENTE consigam 1 MILHÃO DE REAIS será excelente, ao contrário peço que simplesmente reavaliem o que é importante pra vocês. Outra integrante do grupo discorda da ideia: Diretora 2: Colocando a mão na consciência o certo é não mentir. Pessoal, eu não quero ser chata, do contra. Eu sonho com a evolução do Pata, literalmente falando mesmo! Mas se houver outros modos de a gente conseguir sem que tenha a possibilidade de manchar o nome do Pata devemos tentar. O advogado de defesa de uma das testemunhas diz que a ideia do assalto foi discutida também em uma reunião da diretoria, no mês de abril. “A testemunha se mostrou sempre contra qualquer plano que fosse feito com base em uma mentira, algo que não aconteceu. No dia 04 de julho ela se levantou e observou que havia mensagens nas redes sociais informando a cerca do assalto e foi aí então, após observar as mensagens, foi que ela lembrou daquilo que foi conversado numa reunião anterior, ou seja, que aquele plano foi traçado por algumas pessoas e foi efetivamente realizado", disse Leonardo de Moraes, advogado de uma testemunha. De acordo com as investigações, o plano foi pensado nos mínimos detalhes para tentar convencer a polícia de que a história do assalto era real. As integrantes do Pata Voluntária combinaram até a simulação de um soco no rosto. Uma delas deu um murro no rosto da própria amiga. “Elas tratam detalhes de que uma das supostas vítimas colocaria em seu olho alho, molho de pimenta e inclusive pediu pra a sua própria namorada para efetuar alguns golpes no seu rosto, alguns socos, para que aí fossem provocados hematomas pra dar um ar de mais veracidade aquela denúncia. Olha, esses diálogos eles colaboram tudo o que a investigação já trazia no seu bojo, né? Ele só vem reforçar a tese de que elas de fato praticaram o crime de estelionato e se associavam de maneira criminosa para potencializar as doações", disse o delegado Fábio Costa. O delegado, que junto com os delegados Leonam Pinheiro e Thiago Prado, prendeu as três mulheres, falou sobre o padrão de vida uma delas. “Acontece que nós acreditamos que esses valores eles não seriam usados na ONG, né? A gente percebe que uma das integrantes possui um padrão de vida incompatível com a renda que recebe, inclusive com diversas viagens ao exterior, com carros de luxo e um apartamento na área nobre aqui da cidade. Então, nós definitivamente não acreditamos que elas utilizariam esses valores para cuidar dos animais e também não acreditamos que os fins justificam os meios", disse Fábio Costa. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Diretoras da Pata Voluntária deixam prisão em Maceió
As duas estavam presas desde a sexta-feira (5). A presidente do abrigo foi solta nessa quinta (11). As duas diretoras do abrigo Pata Voluntária, Maria Gisele do Nascimento Oliveira e Nayane Petrúcia Silva Barros, que foram presas junto com a presidente do abrigo na semana passada, suspeitas de estelionato, foram soltas nesta sexta-feira (11). A informação que as duas foram liberadas do Sistema Prisional foi confirmada pela Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris). Assim como no caso da presidente do abrigo, que foi solta nessa quinta (4), a Justiça decidiu conceder habeas corpus e libertar as duas mulheres. A Justiça determinou o bloqueio de contas do Pata Voluntária nesta sexta. Maria Gisele e Nayane Oliveira tiveram as prisões substituídas por medidas cautelares. O mesmo ocorreu com a presidente do Pata Voluntária. As três respondem por por associação criminosa, comunicação falsa de crime, estelionato e guarda doméstica de espécie silvestre sem a devida licença ou autorização. Confira as medidas cautelares que devem ser cumpridas: Comparecimento mensal ao Juízo de primeiro grau; Proibição de se ausentar da Comarca sem prévia autorização judicial; Comunicação prévia ao Juízo acerca de eventual mudança de endereço; Comparecimento a todos os atos do processo. As três suspeitas foram presas preventivamente na sexta (5) e, em audiência de custódia no sábado (6), as prisões preventivas foram decretadas e elas foram transferidas para o Sistema Prisional. A diretora Nayane Petrúcia confessou para a polícia que o assalto foi forjado e disse que a fraude foi criada para construir um hospital veterinário. De acordo com a polícia, as três mulheres divulgaram no perfil da Pata Voluntária em rede social que teriam sido vítimas de assalto na sede do abrigo que fica no bairro do Jaraguá e que os assaltantes teriam levado mantimentos dos animais acolhidos pelo Pata Voluntária. Elas pediram aos seguidores que fizessem depósitos em contas bancárias para que as despesas com os animais fossem custeadas. A Polícia Civil foi investigar o caso e suspeitou que o assalto não teria ocorrido e teria sido arquitetado pelas três mulheres como forma de obter recursos. As três foram presas e a polícia encontrou na residência da presidente do Pata Voluntária, uma jiboia, uma corn snake, conhecida como cobra do milho e um cassaco. A Comissão do Bem Estar Animal da OAB-AL constatou que a sede do Pata Voluntária no bairro do Trapiche, em Maceió, está cheia de animais e que eles estão sendo cuidados por funcionários e voluntários. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Pata Voluntária tem contas bancárias bloqueadas pela Justiça de Alagoas
Proprietárias do grupo que atua no resgate e adoção de animais de rua foram presas suspeitas de estelionato. A Justiça determinou nesta sexta-feira (12) o bloqueio de quatro contas bancárias ligadas ao grupo Pata Voluntária, que atua no resgate e adoção de animais de rua. As proprietárias dos abrigos foram presas nesta semana suspeitas de estelionato. O pedido de bloqueio foi feito pelo delegado Fábio Costa, que investiga o caso. Na ocasião, foram bloqueadas as contas vinculadas aos bancos: Itaú, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Santander. Maria Gisele, 23, Nayane Petrucia, 26, e Amropali Pedrosa Mondal, 29, denunciaram que um dos abrigos do grupo foi assaltado e que elas foram agredidas na ocasião. Elas postaram nas redes sociais do Pata Voluntária um pedido de ajuda financeira para poder reparar as perdas. Porém, a Polícia Civil descobriu que o assalto nunca aconteceu e que o crime teria sido simulado para conseguir dinheiro dos seguidores. "Verifica-se que o bloqueio das contas bancárias utilizadas pela ONG se reveste de interesse público, levando-se em conta que o suposto estelionato teria vitimado, em tese, inúmeras pessoas. Destaque-se que tal medida se mostra necessária a fim de salvaguardar os valores arrecadados em prol da ONG Pata Voluntária, evitando o esvaziamento do dinheiro adquirido, em tese, por meio da prática de crime de estelionato", diz trecho da decisão assinada pelo juiz Rodolfo Osório, da 6ª Vara Criminal da Capital. Das 3 investigadas, apenas Amropali Mondal conseguiu liberdade, por meio de habeas corpus concedido na última quinta (11). As outras duas continuam presas preventivamente no Complexo Prisional de Maceió. As três respondem por associação criminosa, comunicação falsa de crime, estelionato e guarda doméstica de espécie silvestre sem a devida licença ou autorização. Logo após a prisão, a única que se pronunciou em depoimento foi Nayane Petrúcia. Ela confessou à polícia que o assalto foi forjado com o objetivo de conseguir dinheiro para construir um hospital veterinário. A Comissão do Bem Estar Animal da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Alagoas (OAB-AL) constatou que a sede do Pata Voluntária no bairro do Trapiche, em Maceió, está cheia de animais e que eles estão sendo cuidados por funcionários e voluntários. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Categorias

Amizades e Bate-papo

Grupos para WhatsApp de Amizades e Bate-papo

Zueira e Diversão

Grupos para WhatsApp de Zueira e Diversão

Namoro e Paquera

Grupos para WhatsApp de Namoro e Paquera

Músicas e Vídeos

Grupos para WhatsApp de Músicas e Vídeos

Fã clubes e Famosos

Grupos para WhatsApp de Fã clubes e Famosos

Series e Filmes

Grupos para WhatsApp de Series e Filmes

Vagas de empregos

Grupos para WhatsApp de Vagas de empregos

Eventos e festas

Grupos para WhatsApp de Eventos e festas

Livros, Estudos e etc

Grupos para WhatsApp de Livros, Estudos e etc

Carros e Motos

Grupos para WhatsApp de Carros e Motos

Vendas e Trocas

Grupos para WhatsApp de Vendas e Trocas

Animes

Grupos para WhatsApp de Animes

LGBT+

Grupos para WhatsApp de LGBT+

Outros

Grupos para WhatsApp de Outros

Jogos

Grupos para WhatsApp de Jogos

Tecnologia

Grupos para WhatsApp de Tecnologia