×
Grupo no Whatsapp Animes br

Nome do grupo para WhatsApp:

Animes br

Categoria do link de grupo para WhatsApp:

Animes

Infomações do grupo para WhatsApp:

Link de Grupo no WhatsApp postado em 04/02/2019;
176 visualizações;
Pontuação de 100pontos.

Descrição do grupo para WhatsApp:

Sejam bem vindos otakus venham e fiquem atualizados

Grupos para WhatsApp App Baixar

Grupos no WhatsApp relacionados:

Otakos_sempai❤

Otakos_sempai❤

Mano basicamente aceitamos tudo la com tanto que nao tenha... °Rasismo °preconceito °conteúdos fortes de pornografia °falta de respeito

thanks

thanks

grupo de animes e amizades... entra ae, vem fazer parte da família "darthêbayô"✅

SÉRIES, FILMES E ANIME ❤?

SÉRIES, FILMES E ANIME ❤?

PROIBIDO PORNÔ* *PROIBIDO CORRENTES* *PROIBIDO QUALQUER TIPO DE LINK* *RESPEITAR A OPINIÃO DO OUTRO É ESSENCIAL!! DISCORDAR TUDO BEM* *COMPARTILHAR COISAS SOMENTE SOBRE SÉRIES, FILMES & ANIMES* *NADA DE BRIGA SOBRE PERSONAGENS* *QUALQUER COISA FALEM COM AS ADMS LARISSA E TAY* *ASSIM QUE ENTRAREM DIGAM SEU NOME, SUA SÉRIE, FILME OU ANIME FAVORITO (A)* _Sejam Todos Bem Vindo_????

Iniciação RPG

Iniciação RPG

RPG de One Piece

??ℛeino dos @nime 棍?

??ℛeino dos @nime 棍?

*??Grupo:* ?ℛeino da Magia 棍? *??ASSUNTO DO GP:* Personagens de nanatsu no taizai *??META DO GRUPO:* Reunir todos os pecados de nanatsu *??VAGA PARA 15 PERSONAGENS* Disponível *??PECADOS REUNIDOS* Apenas 2

ENTRADA RPG

ENTRADA RPG

GRUPO COM INTUITO DE RECRUTAR MEMBROS PARA UM JOGO (RPG) DE NARUTO NO WHATSAPP. AO ENTRAR, DIGA SEU NOME E ESCOLHA UM ELEMENTO Elementos disponíveis: ?Elemento Água? ⛰Elemento Terra⛰ ?Elemento Fogo? ?Elemento Vento? ⚡Elemento Raio⚡

Últimas nóticias

Fonte: Logo do G1
Advogado foragido é preso escondido em banheiro de apartamento em Londrina, diz polícia
Homem foi encontrado nesta terça-feira (16); Polícia Civil diz que ele tinha dois mandados de prisão em aberto. Advogado foragido é preso em Londrina Um advogado foragido foi preso no banheiro de um apartamento na Gleba Palhano, em Londrina, no norte do Paraná, nesta terça-feira (16), de acordo com a Polícia Civil. Segundo a polícia, João Antônio Bezerra, que é natural de Cafelândia (SP), foi condenado pela Justiça e tinha dois mandados de prisão em aberto. Conforme a Polícia Civil de São Paulo, um dos mandados, de 2004, é por extorsão e o outro por sonegação de documentos. Os crimes, segundo a polícia, foram cometidos quando ele exercia a profissão em Cafelândia (SP). Ainda de acordo com a polícia, o advogado foi indiciado por outros crimes. O homem está preso em Londrina. A defesa dele informou que os processos estão encerrados, mas que está fazendo uma revisão criminal, já que, segundo a defesa, a condenação ocorreu sem provas. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
Motociclista morre após bater de frente com caminhão bitrem, na BR-277
Acidente foi por volta das 18h desta terça-feira (16), no distrito de Guará, em Guarapuava, na região central do Paraná. Motociclista morre em acidente com caminhão na BR-277 Um motociclista morreu após bater de frente com um caminhão bitrem por volta das 18h desta terça-feira (16), na BR-277, no distrito de Guará, em Guarapuava, na região central do Paraná, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O acidente, segundo a polícia, deixou um trecho da rodovia totalmente interditado. Até a publicação desta reportagem, o local não tinha sido liberado. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Gasto com prédio alugado e sem uso foi de R$ 90 mil, diz Câmara de Vereadores
Prefeitura de Foz do Iguaçu havia informado que pagou R$ 45 mil pelo aluguel do imóvel; documento indica que multa por rescisão de contrato e danos custou mais R$ 40 mil aos cofres públicos. Prefeitura gastou 90 mil em prédio que nunca usou, diz vereador O gasto com o prédio alugado pela Prefeitura de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, e que não chegou a ser usado, chegou a R$ 90 mil, aponta a Câmara Municipal. Os detalhes foram apresentados na sessão desta terça-feira (16) pelo vereador Celino Fertrin (PDT). Documentos enviados pela prefeitura a pedido dos vereadores indicam que foram pagos R$ 50 mil pelo aluguel e mais R$ 40 mil de multa pela rescisão antecipada do contrato. A prefeitura tinha informado anteriormente, por meio da Procuradoria-Geral do Município, que o gasto com o aluguel mensal foi de R$ 5 mil por nove meses, chegando a R$ 45 mil no total, e não mencionou a multa. "Foram dez meses de aluguel, desde o dia 16 de maio de 2018. Além disso, na rescisão consensual do contrato que era de R$ 60 mil no total, a indenização cobrada pela proprietária para receber as chaves de volta foi de R$ 40 mil", apontou Fertrin. A Câmara Municipal deve continuar acompanhando o caso. A Secretaria de Saúde explicou que conseguiu uma devolução de R$ 5 mil referentes ao aluguel e confirmou que pagou R$ 40 mil de indenização por danos no imóvel e o furto de fios da rede elétrica. O caso O local, onde antes funcionava uma escola particular e deveria funcionar o Centro de Atenção Psicossocial 2 (Caps 2), ficou vazio por nove meses. A mudança de endereço do Caps 2 foi uma recomendação do Ministério Público Estadual (MP-PR) por o antigo espaço não oferecia condições de atendimento adequada. O prédio foi alugado por um ano e o contrato foi cancelado após nove meses. Neste mesmo tempo, a prefeitura construía a sede própria do Caps 2, inaugurado em junho. Em março, o prefeito Chico Brasileiro determinou a abertura de uma sindicância para apurar porque o prédio foi alugado e não foi usado. Como a sindicância não apontou responsáveis, o município deve investigar o caso novamente. O prazo para que a nova investigação interna seja concluída é de dois meses. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Binário no Centro de Ponta Grossa sofre nova alteração
Mudança foi feita no sentido da rua Sete de Setembro e passou a valer na manhã desta terça-feira (16). Prefeitura faz alterações no trânsito no Centro de Ponta Grossa A Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT) de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, fez uma nova mudança no binário do Centro da cidade. Segundo a AMTT, o sentido da rua Sete de Setembro foi alterado entre a avenida Vicente Machado e a rua Doutor Colares. A mudança começou a valer na manhã desta terça-feira (16). A AMTT informou que a alteração segue estudos técnicos, além de solicitações de motoristas que passavam pelo trecho. Desde o fim de abril, quando a Prefeitura de Ponta Grossa fez alterações no binário, a rua Sete de Setembro seguia para a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), entre as ruas Doutor Colares e Doutor Penteado de Almeida. Um semáforo que funcionava no cruzamento com da avenida Vicente Machado com a rua Sete de Setembro também foi retirado. Rua Santana A AMTT informou ainda que está fazendo uma alteração na preferencial do cruzamento da rua Santana com a rua Doutor Colares. A partir desta quarta-feira (17), a preferencial passa a ser dos motoristas que trafegam pela rua Santana. De acordo com a autarquia, a mudança tem como objetivo dar mais fluidez à via. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Homem é encontrado ferido em trilho de trem em Maringá
Vítima foi encontrada com vários ferimentos pelo corpo, principalmente no rosto. Homem é encontrado caído na linha férrea do Novo Centro Um homem foi encontrado caído em trilhos de trem em Maringá, no norte do Paraná, na manhã desta terça-feira (16). Segundo a Polícia Militar (PM), o vítima foi jogada por cima de uma grade que tem cerca de dois metros de altura. A vítima foi encontrada depois de algumas pessoas ouvirem ela gritar por socorro. Um carro da Polícia Militar passava pelo local e, rapidamente, chamou o Corpo de Bombeiros. O homem estava com ferimentos em todo o corpo, principalmente no rosto. A Polícia Civil investiga o caso, quer saber se o caso trata-se de um assalto ou outro crime. A vítima estava sem documentos de identificação. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
PGR entra com ação contra lei que vincula salário de governador, vice e secretários a remuneração de ministros do STF
Ação questiona também salários dos deputados estaduais, que estão atrelados às remunerações dos deputados federais. A Procuradoria-Geral da República (PGR) entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a lei estadual que vincula os salários de governador, vice-governador e secretários do Paraná às remunerações dos ministros do Supremo. A lei em vigor desde 2007 determina que o governador do estado tenha um salário igual ao dos ministros do STF. A mesma norma determina que o vice-governador receba 95% e os secretários de estado ganhem o equivalente a 70% do salário do governador. A ação, assinada pelo vice-procurador-geral da Replública, Luciano Mariz Maia, também questiona o artigo da lei estadual que prevê que os deputados estaduais do Paraná recebam um salário equivalente a 75% da remuneração dos deputados federais. Na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) ajuizada em 5 de julho, a PGR afirma que a Constituição Federal proíbe a vinculação ou a equiparação para remuneração pessoal no serviço público. A PGR também afirma que, segundo a Constituição, o reajuste dos salários precisa ser aprovado por uma lei específica. No Paraná, com a lei estadual, o reajuste acontece automaticamente toda vez que as remunerações do Supremo e da Câmara são reajustadas. Em outros estados, cada proposta de aumento precisa ser aprovada nas assembleias estaduais. A PGR pede que os artigos que vinculam as remunerações estaduais sejam suspensos. A ADI foi recebida pelo STF e distribuída para o ministro Gilmar Mendes, mas não tem data para ser julgada. O Governo do Paraná informou que ainda não recebeu a intimação do STF e só irá se manifestar após ter conhecimento da íntegra da ação proposta. Salário congelado Em 2018, o Congresso aprovou um reajuste de 16,4% que aumentou os salários dos ministros do STF de R$ 33.763,00 para R$ 39.293,32 a partir de janeiro de 2019. De acordo com a Constituição, o salário de um ministro do STF é o máximo que um servidor público pode receber. Apesar da lei questionada pela PGR, a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) aprovou uma lei que congela os salários do governador, vice e secretários até 2022. Desta forma, o reajuste não foi aplicado. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.
RPC: veja as informações adicionais das reportagens do dia 16/07/2019
O G1 lista os principais destaques dos telejornais da RPC desta terça-feira (16). Saiba os endereços, telefones e os sites das reportagens exibidas G1 Paraná Bom Dia Paraná >>> Durante essa semana, em Curitiba, será realizada a Colônia de Férias do Museu Oscar Niemayer (MON). São várias atividades, como brincadeiras e oficinas de gravura, confecção de brinquedos e modelagem em argila. Veja como participar. Outra opção para as crianças durante as férias, na capital, é a I Mostra Paraná de Teatro de Bonecos de Curitiba, que vai até dia 21. São espetáculos com variadas técnicas de teatro de bonecos, inclusive está programada uma apresentação com tradução em libras. Veja a programação. G1 Campos Gerais e Sul Meio-Dia Paraná - Ponta Grossa >>> A partir desta terça-feira (16), consumidores podem solicitar o bloqueio de ligações de telemarketing em uma plataforma criada por empresas de telecomunicação, após uma determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Uma ferramenta parecida também é disponibilizada pelo Procon do Paraná. Para solicitar o bloqueio das chamadas basta fazer um cadastro no site. G1 Oeste e Sudoeste Meio-Dia Paraná - Foz do Iguaçu >>> A Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) informou que moradores da Vila C que tenham reclamações sobre o terreno que pertence a instituição devem entrar em contato com a ouvidoria da instituição para que sejam tomadas as providências cabíveis. O contato pode ser feito pelo telefone (45) 3529-2130 ou no site. Caso a reclamação envolva a presença de menores de idade no local, a denúncia pode ser feita pelo telefone de plantão do Conselho Tutelar, no (45) 99997-4114. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
Homem é preso por agredir companheira com barra de ferro em Guarapuava, diz polícia
Caso foi na manhã desta segunda-feira (15); vítima teve fraturas no braço direito e no tornozelo esquerdo. Homem é preso por agredir companheira com barra de ferro em Guarapuava Um homem foi preso na manhã desta segunda-feira (15), em Guarapuava, na região central do Paraná, por agredir a companheira em casa com uma barra de ferro, de acordo com a Polícia Civil. A vítima, de 29 anos, teve fratura no braço direito e no tornozelo esquerdo, além de diversos machucados pelo corpo. Ela recebeu atendimento e já teve alta hospitalar. Segundo a polícia, o homem, de 28 anos, chegou em casa alterado possivelmente pelo consumo de drogas e agrediu a mulher. Ele dizia que ela merecia apanhar, conforme a polícia. Ele foi contido pelos seguranças de um mercado, no bairro Conradinho, que ouviram as agressões. A mulher não registrou a ocorrência, mas o caso está sendo investigado. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Categorias

Zueira e Diversão

Grupos para WhatsApp de Zueira e Diversão

Namoro e Paquera

Grupos para WhatsApp de Namoro e Paquera

Músicas e Vídeos

Grupos para WhatsApp de Músicas e Vídeos

Fã clubes e Famosos

Grupos para WhatsApp de Fã clubes e Famosos

Series e Filmes

Grupos para WhatsApp de Series e Filmes

Vagas de empregos

Grupos para WhatsApp de Vagas de empregos

Eventos e festas

Grupos para WhatsApp de Eventos e festas

Esportes

Grupos para WhatsApp de Esportes

Livros, Estudos e etc

Grupos para WhatsApp de Livros, Estudos e etc

Carros e Motos

Grupos para WhatsApp de Carros e Motos

Vendas e Trocas

Grupos para WhatsApp de Vendas e Trocas

LGBT+

Grupos para WhatsApp de LGBT+

Jogos

Grupos para WhatsApp de Jogos

Religioso

Grupos para WhatsApp de Religioso

Tecnologia

Grupos para WhatsApp de Tecnologia