×
Grupo no Whatsapp ©ᴏɴғɪᴅᴇɴᴄɪᴀʟ?

Nome do grupo para WhatsApp:

©ᴏɴғɪᴅᴇɴᴄɪᴀʟ?

Categoria do link de grupo para WhatsApp:

Todo o Brasil

Infomações do grupo para WhatsApp:

Link de Grupo no WhatsApp postado em 26/03/2019;
182 visualizações;
Pontuação de 103pontos.

Descrição do grupo para WhatsApp:

GORE

Grupos para WhatsApp App Baixar

Grupos no WhatsApp relacionados:

乃モㄥ丹S 下尺丹SモS

乃モㄥ丹S 下尺丹SモS

Grupo mensagens frases poesias

?Geração da Putaria?

?Geração da Putaria?

Geração da Putaria

Empreendedorismo séc. XXI

Empreendedorismo séc. XXI

Consome mais de 700 produtos com 50% de descontos e quando seu amigo tem o mesmo desconto, você ganha 3% a 20%, mercado do século XXI!

[BLF]Brasil Low Fixa 2.0?

[BLF]Brasil Low Fixa 2.0?

Tudo liberado

"Aroma" ⭐Luz perfumada ⭐

"Aroma" ⭐Luz perfumada ⭐

Objetivo do grupo é de estudar sobre aromaterapia, entendendo os benéficos dos Óleos Essenciais pra nossa saúde física e emocional.

A REVOLUÇÃO BITICON??

A REVOLUÇÃO BITICON??

Ronaldinho Gaúcho tem uma convocação para você que quer romper com o convencional e escrever uma nova história pra sua vida: "Conto com você para fazer a maior empresa de Multinível do mundo. Vem pra tribo @18K Ronaldinho". https://app.18kronaldinho.com.br/register/yransimoes Assista a conferência e entenda melhor nosso propósito segue o link. https://youtu.be/SJZiR-VH500

Últimas nóticias

Fonte: Logo do G1
Justiça autoriza enterro de animais ao lado de pessoas em cemitério no Maranhão
Decisão foi tomada já em segunda instância depois que um contratante apelou justificando que foi desrespeitado com cachorros enterrados perto dos corpos dos seus pais. A Justiça do Maranhão deu ganho de causa a empresa responsável pelo Cemitério Jardim da Paz em uma ação movida por um contrante que considerou inaceitável o sepultamento de três cachorros em local próximo onde os corpos dos seus pais estão. A decisão foi da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) manteve sentença de primeira instância. O contratante dos serviços do Memorial Maranhense, responsável pelo Cemitério Jardim da Paz, em São José de Ribamar, Região Metropolitana de São Luís, ingressou na ação pedindo indenização por danos morais tão logo soube do enterro dos três animais no mesmo cemitério onde os seus pais foram sepultados. Ele alegava quebra de contrato, pois diz que tem um documento do próprio Memorial negando o sepultamento de animais no local onde os corpos de seus pais foram enterrados. Por outro lado, o entendimento unânime da Justiça do Maranhão foi que não existe nada no contrato que determine que o sepultamento de animais em local adequado do cemitério não possa ser feito. O Memorial Maranhense, por sua vez, apresentou como defesa que a legislação estadual permite o sepultamento de cães junto a pessoas. Disse ainda que o contrato em questão impede a utilização do jazigo dos pais do autor da ação como local de enterro de animais, não havendo assim a quebra de contrato. O relator foi o desembargador Jorge Rachid. Os desembargadores José de Ribamar Castro e Angela Salazar votaram com o relator. Na primeira instância, a Justiça teve o mesmo entendimento e a sentença foi da juíza da 16ª Vara Cível de São Luís, Lorena Brandão.
Servidores da Justiça do Maranhão são presos por suspeita de esquema de corrupção
Três pessoas foram presas na manhã desta segunda no Maranhão e outra em Goiás. As prisões em São Luís foram na sede administrativa do Tribunal de Justiça. Quatro pessoas foram presas na manhã desta segunda-feira (15) em São Luís, Paço do Lumiar, no Maranhão, e Goiânia-GO por envolvimento em esquema de corrupção dentro do Tribunal de Justiça do Maranhão. A operação foi deflagada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público e a Superintendência de Prevenção e Combate à Corrupção da Polícia Civil. As prisões preventivas foram determinadas pela 1ª Vara Criminal do Termo Judiciário da Capital. Foram presos os servidores Daniel Andrade Freitas e Thiago da Silva Araújo e o prestador de serviço terceirizado Thiago Rafael de Oliveira Candeira. Eles foram localizados na própria sede administrativa do Tribunal de Justiça na manhã desta segunda. Em Goiânia, Wendel Dorneles de Moraes foi preso por participação no esquema, segundo as investigações. Além das prisões, foram cumpridos mandados de busca e apreensão. De acordo com o Ministério Público do Maranhão e a Polícia Civil, os envolvidos no esquema conseguiam informações sobre os credores de precatórios e em seguida entravam em contato buscando vantagens para que dessem preferência na ordem de pagamento aos credores da Fazenda Pública. Segundo a investigação, Daniel Freitas, Thiago Araújo e Thiago Candeira encaminhavam a planilha de credores a Wendel. Assim, ele entrava em contato com os credores e fazia todo o processo restante do esquema.
Pesquisadores maranhenses lançam livro digital sobre Rio Itapecuru
Material completo pode ser acessado sem custos adicionais por meio de página na internet. O primeiro livro online sobre o maior rio do Maranhão lançado agora por pesquisadores maranhenses já está disponível na internet. O estudo técnico sobre a situação da Bacia do Itapecuru revelou problemas antigos, que ao longo dos anos só vem se agravando. O estudo é um alerta para as autoridades ambientais. O conteúdo completo pode ser acessado por meio do endereço http://imesc.ma.gov.br/livromaisitapecuru/
Categorias

Namoro e Paquera

Grupos para WhatsApp de Namoro e Paquera

Músicas e Vídeos

Grupos para WhatsApp de Músicas e Vídeos

Fã clubes e Famosos

Grupos para WhatsApp de Fã clubes e Famosos

Vagas de empregos

Grupos para WhatsApp de Vagas de empregos

Eventos e festas

Grupos para WhatsApp de Eventos e festas

Esportes

Grupos para WhatsApp de Esportes

Livros, Estudos e etc

Grupos para WhatsApp de Livros, Estudos e etc

Carros e Motos

Grupos para WhatsApp de Carros e Motos

Todo o Brasil

Grupos para WhatsApp de Todo o Brasil

Vendas e Trocas

Grupos para WhatsApp de Vendas e Trocas

Animes

Grupos para WhatsApp de Animes

Outros

Grupos para WhatsApp de Outros