×
Grupo no Whatsapp ??MúsicaS❤EletrônicaS??

Nome do grupo para WhatsApp:

??MúsicaS❤EletrônicaS??

Categoria do link de grupo para WhatsApp:

Músicas e Vídeos

Infomações do grupo para WhatsApp:

Link de Grupo no WhatsApp postado em 31/03/2019;
36 visualizações;
Pontuação de 100pontos.

Descrição do grupo para WhatsApp:

Esse grupo e feito pra quem curte músicas eletrônicas , então quem gosta entra .???✌️????

Grupos para WhatsApp App Baixar

Grupos no WhatsApp relacionados:

Dezativado

Dezativado

Grupo pm3 musicas atualizadas

rock metal

rock metal

esse grupo é pra todos os rockeiros entram será maravilhoso ter a turma do rock

Hablen

Hablen

Grupo para quem é

???METAL  IS THE LAW  ???

???METAL IS THE LAW ???

fazer amigos é ouvir um bom heavy metal

Dᴇᴘóꜱɪᴛᴏ ᴅᴇ Fɪɢᴜʀɪɴʜᴀꜱ ??

Dᴇᴘóꜱɪᴛᴏ ᴅᴇ Fɪɢᴜʀɪɴʜᴀꜱ ??

MAIOR E MELHOR QUE OS OUTROS

Norman fucking Rockwell ?

Norman fucking Rockwell ?

Grupo para fãs da Lana Del rey do brasil

Últimas nóticias

Fonte: Logo do G1
Suspeito de estuprar três sobrinhas e engravidar a de 13 anos é preso em Branquinha, AL
Vítimas denunciaram crimes cometidos pelo tio. Delegado diz que estupro de vulnerável é o crime mais registrado na delegacia da cidade. A Polícia Civil de Alagoas prendeu um homem que é suspeito de estuprar três sobrinhas de cinco, oito e 13 anos em Branquinha, município da Zona da Mata de Alagoas. O tio é suspeito de ter engravidado a sobrinha de 13. A prisão foi divulgada pela polícia nesta quarta-feira (17). O tio foi preso depois que as sobrinhas denunciaram os crimes. De acordo com a polícia, as investigações mostraram que os estupros ocorriam na casa dos pais das vítimas, mesmo local em que o tio por parte de mãe das meninas estava morando. Depois de colher as provas, o delegado de Branquinha, Sidney Tenório, pediu a prisão do homem para a Justiça. E a juíza Emanuela Porangaba decretou a prisão. O delegado Sidney Tenório disse que o homem pode pegar até 45 anos de prisão pelos crimes. “A adolescente foi estuprada mais de uma vez o que acarretou a gravidez. As irmãs menores foram vítimas de outros atos libidinosos, também considerados crime de estupro de vulnerável”, disse o delegado. O delegado de Branquinha disse que o crime mais registrado na Delegacia de Branquinha é o de estupro de vulnerável. “Praticamente todas as semanas instauramos inquéritos para apurar estes fatos que nos chega principalmente pelo Conselho Tutelar. Geralmente conseguimos prender os autores, mas é necessário que seja feita uma política de conscientização para que se evite novas vítimas”, contou o delegado Sidney Tenório. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Empresário que foi sequestrado em Maceió é ouvido pela polícia
Dois suspeitos de cometer o sequestro estão foragidos. Empresário que foi sequestrado em Maceió presta depoimento à polícia O empresário Marcelo Costa Torres, que sofreu um sequestro relâmpago em Maceió, prestou depoimento à polícia nesta quarta-feira (17). Ele contou ao delegado Thiago Prado que achou que seria assassinado. Marcelo Costa, que recebeu alta médica na segunda, contou ao delegado Thiago Prado que foi abordado pelos suspeitos quando estava perto de uma faculdade particular no bairro do Farol. Ele disse que viveu momentos de pânico durante todo o momento em que durou o sequestro, aproximadamente três horas. A vítima do sequestro disse ao delegado que temeu pela própria vida, achou que ia ser assassinado. Dos quatros suspeitos, um morreu no HGE, um está preso e dois estão foragidos. O delegado Thiago Prado disse que o sequestro não foi direcionado para o empresário. Informações sobre os suspeitos podem ser repassadas pelo Disque-denúncia 181. O anonimato é garantido. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Trabalhadores rurais em condições análogas à escravidão são resgatados em van na BA
Grupo trabalhava em lavoura de café no Espírito Santo e fugia para Alagoas quando foi resgatado por policiais na BR-101, em Teixeira de Freitas, no sul do estado. Dezoito trabalhadores rurais em condições análogas à escravidão foram resgatados por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na terça-feira (16), na BR-101, em Teixeira de Freitas, no sul da Bahia. A informação foi divulgada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), nesta quarta-feira (17). Segundo informações do órgão, os lavradores fugiram do município de Boa Esperança, no Espírito Santo, após serem submetidos a trabalhos em condições precárias. O grupo viajava para a cidade de Piranhas, interior de Alagoas, em uma van clandestina, quando o veículo foi parado pela polícia. De acordo com o órgão, os trabalhadores contaram que foram enganados por um homem que prometeu trabalho e estavam retornando para casa sem dinheiro e contando com a ajuda de terceiros. O grupo foi encaminhado para o Ministério Público do Trabalho de Eunápolis, onde prestaram depoimento e receberam um transporte regular para voltar para Alagoas. Os lavradores disseram para os procuradores do MPT que o homem que os contratou ofereceu trabalho na colheita de café, com diárias que poderiam chegar a R$ 100. A chegada dos trabalhadores no Espírito Santo aconteceu em 1º de julho, em um ônibus clandestino, que o dono da lavoura contratou. Ainda de acordo com o MPT, ao chegar a Boa Esperança, os trabalhadores foram alojados em uma casa sem condições mínimas de higiene e sem mobiliário e passaram a trabalhar em atividades diversas, sempre conduzidos pelo dono da lavoura. Entretanto, o grupo recebeu a diária entre R$ 20 e R$ 50. Segundo o depoimento dos trabalhadores, tanto as ferramentas usadas no trabalho quanto a comida que consumiam estavam sendo pagas pelos próprios lavradores. Eles também tiveram que arcar com os custos da viagem de ida, aluguel, água e energia elétrica da casa que estavam e não tiveram registro da relação de trabalho em suas carteiras profissionais. O MPT informou que o grupo recebeu ajuda da população local para se alimentar e para conseguir um veículo para voltar para Alagoas e a van, que foi oferecida por um vereador. O caso será remetido para a unidade do MPT do Espírito Santo com indicação para que, a partir dos elementos colhidos nos depoimentos, sejam identificados o dono da lavoura de café.
Atendimento na sede da Sefaz, no centro de Maceió, é suspenso nesta quarta-feira
Centrais JÁ! e sede em Jacarecica estão funcionando. Ato é alusivo ao dia 17 de julho de 1997, quando ocorreu a queda do governo Suruagy. Sefaz suspende atendimento nesta quarta-feira As atividades na sede da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), localizada no centro de Maceió, foram suspensas nesta quarta-feira (17). O motivo é um ato organizado por várias centrais sindicais que impede a entrada dos funcionários em alusão ao dia 17 de julho de 1997, quando ocorreu a queda do governo Suruagy. Os sindicalistas armaram tendas na porta da Sefaz e fazem um café da manhã coletivo. Apenas na sede do órgão no Centro as atividades foram suspensas. O atendimento nos postos JÁ! e sede em Jacarecica está mantido normalmente. Leia abaixo a íntegra da nota da Sefaz sobre a suspensão A Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz/AL) informa que seus servidores foram impedidos, nesta quarta-feira (17), pelos manifestantes do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal), de realizar suas rotinas de trabalho no prédio sede do órgão. Em tempo, a Sefaz reforça que, desta forma, o atendimento ao cidadão será realizado apenas nas unidades da Jacarecica, Centrais Já! e postos fiscais. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Jovem é assassinado com 11 tiros na porta de casa em Rio Largo, AL
Suspeitos chegaram em um Gol de cor cinza, fizeram os disparos e fugiram. Um jovem de 21 anos foi assassinado com 11 tiros em Rio Largo, região metropolitana de Maceió. O crime aconteceu na tarde de terça-feira (16), no Residencial José Carlos. A mãe da vítima informou aos militares do 8º Batalhão que o jovem estava na porta de casa quando dois suspeitos se aproximaram e fizeram os disparos. Vitor Ranielle Aciole de Melo foi atingido na cabeça, tórax, costas, braços e pernas. Os suspeitos fugiram em um Gol de cor cinza. Os institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML) estiveram no local e fizeram a perícia e recolheram o corpo da vítima. A Delegacia de Homicídios vai investigar o caso. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Categorias

Amizades e Bate-papo

Grupos para WhatsApp de Amizades e Bate-papo

Namoro e Paquera

Grupos para WhatsApp de Namoro e Paquera

Músicas e Vídeos

Grupos para WhatsApp de Músicas e Vídeos

Fã clubes e Famosos

Grupos para WhatsApp de Fã clubes e Famosos

Vagas de empregos

Grupos para WhatsApp de Vagas de empregos

Eventos e festas

Grupos para WhatsApp de Eventos e festas

Esportes

Grupos para WhatsApp de Esportes

Livros, Estudos e etc

Grupos para WhatsApp de Livros, Estudos e etc

Carros e Motos

Grupos para WhatsApp de Carros e Motos

Todo o Brasil

Grupos para WhatsApp de Todo o Brasil

Vendas e Trocas

Grupos para WhatsApp de Vendas e Trocas

Animes

Grupos para WhatsApp de Animes

LGBT+

Grupos para WhatsApp de LGBT+

Outros

Grupos para WhatsApp de Outros